Lula conversa com estudantes do Piauí. Projetos de inclusão das classes populares no sistema educacional vêm sendo abandonados pelo atual governo (Foto: Ricardo Stuckert)

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, os ex-ministros Fernando Haddad e Aloizio Mercadante, lideranças sindicais do setor e especialistas em educação se reuniram na manhã dessa quarta-feira (7) no Instituto Lula para debater a situação e rumos da educação no Brasil após um ano de governo Temer.

O grupo conversou sobre os cortes dos investimentos no setor, com redução ou fim de programas como o Pronatec e o Ciência sem Fronteiras. a diminuição das oportunidades para os mais pobres alcançarem o ensino superior, com medidas como o aumento do valor cobrado para fazer o Enem, a reforma do ensino médio, a perda dos recursos do pré-sal para a educação e da participação da sociedade civil nas definições de políticas públicas, entre outros temas.

Lula e as lideranças debateram ainda a importância do Brasil retomar a educação como centro do desenvolvimento do país da ampliação de oportunidades para os mais jovens e sobre como mobilizar a sociedade contra os retrocessos que tem ocorrido no setor.

Voltar para o topo