22 de setembro de 2018

Em depoimento emocionante, Fernando Haddad chora ao se lembrar do momento em que esteve no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC para sua família se despedir de Lula. A história que Haddad divide conosco mostra tanto a intensidade do episódio quanto a injustiça à qual Lula está sendo submetido: “É uma barbaridade, um erro histórico. Não só um erro quanto à pessoa, é um erro histórico contra o país”.

Assista aqui ao vídeo com o depoimento de Haddad:

Relação Lula e Haddad: Episódio 2

O que estão fazendo com Lula é uma barbaridade. E a História vai cobrar. #LulaLivreJáAssista e compartilhe o segundo de três episódios. #HaddadPresidente

Publicado por Lula em Sábado, 22 de setembro de 2018

Abaixo, você pode ler a transcrição da história contada por Haddad no vídeo:

Você sabe que tem uma coisa muito difícil de lembrar, que foi quando a minha filha foi no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, num clima quase de despedida, né, porque já estava decretada a prisão do Lula, e os meus filhos foram lá.

E a minha filha tinha recém-entrado na universidade. O Lula estava muito orgulhoso de ela ter entrado na Escola Politécnica, perguntou dela e tal. E quando ele viu a Carol, ele perguntou: “Como é que você está na faculdade?”.

Depois que ele se despediu da minha filha, a minha filha me abraçava e chorava como uma criança, me perguntando: “Como é que ele pode estar preocupado comigo numa situação como essa?”. A gente vem aqui dar, prestar solidariedade, e é ele quem acolhe… Ah, cara, é uma barbaridade.
Eu não gosto de falar… Tá tudo errado, cara. Muito errado. É muito grave o que está acontecendo. É um erro histórico… Não é só um erro quanto à pessoa, sabe? É um erro histórico contra o país… Vai sair muito caro isso que está acontecendo.