28 de outubro de 2018

O presidente do PT na Bahia, Everaldo Anunciação, afirmou que o partido impetrou uma ação junto ao Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) e ao Ministério Público a fim de que se apurem denúncias sobre a redução da frota de ônibus em Salvador na manhã deste domingo (28/10), dia em que se realiza o segundo turno da eleições.

“Companheirada, mais uma vez em Salvador há uma redução de ônibus coletivo. É um prejuízo não ao PT, mas para a democracia”. Mais uma vez esses atores se voltam contra o seu exercício de ir votar e exercer democraticamente quem deve ser o próximo presidente da República”, pontuou o petista.

O Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA) enviou um ofício ao secretário de Mobilidade de Salvador, Fábio Mota, pedindo que a prefeitura regularize a frota de ônibus neste domingo (28/10).

O posicionamento do MP-BA ocorre depois que diversas denúncias surgiram apontando diminuição do número de ônibus circulando pelas ruas da capital baiana.

Confira o comunicado do MP:

“NOTA À IMPRENSA

O Ministério Público do Estado da Bahia, por meio do Grupo de Trabalho para Combate às Violações à Liberdade de Manifestação Política, diante do recebimento de denúncias sobre a redução na frota de ônibus em Salvador, fato que tem dificultado vários eleitores ao exercício do voto, informa que encaminhou ofício ao secretário municipal de Mobilidade Urbana, Fábio Mota, para a imediata regularização da frota de ônibus urbano na cidade. Ofícios também foram encaminhados ao comando da Polícia Militar da Bahia para que seja efetivada fiscalização nas garagens das empresas de transporte público de modo a verificar se existe retenção de ônibus nas mesmas. O GT também encaminhou ofício para a promotora de Justiça Graça Polli, coordenadora do Núcleo Eleitoral, para adoção das medidas que o Ministério Público Eleitoral entender pertinentes ao caso.”